/ Pretendentes

Conflito entre imobiliárias: como proceder?

Em tempos de portabilidade de imóvel não é raro que ocorra algum tipo de conflito entre imobiliárias, infelizmente. Isso apenas prejudica a vida do inquilino e do proprietário, que ficam no meio dessa briga sem saber o que fazer.

As empresas, infelizmente, nem sempre pensam no que é melhor para o seu consumidor, e a consequência disso é que buscando atender aos próprios interesses abandonam o seu cliente e só focam naquilo que os atrai.

Felizmente existem formas de você se proteger caso tenha que lidar com o conflito entre imobiliárias pelo seu imóvel. A seguir nós vamos apontar as medidas possíveis, para que essa não se transforme em uma dor de cabeça impossível de ser solucionada na sua vida!

O que pode gerar conflito entre imobiliárias?

Essa é uma pergunta que naturalmente surge, uma vez que não é claro para todo mundo porque pode haver algum tipo de conflito entre imobiliárias. A questão é que esse tipo de embate acontece o tempo todo, e eles aquecem demais o mundo imobiliário, na mesma medida que perturbam a vida dos proprietários desses imóveis.

De modo geral, esse tipo de conflito ocorre quando o proprietário permite que várias imobiliárias tentem alugar ou vender seu imóvel. Ao invés dele escolher apenas uma empresa ele firma contrato com mais de uma, no melhor estilo "quem for mais rápido vencer".

A lógica soa bastante benéfica para o dono do imóvel, é claro, mas em muitos casos o tiro sai pela culatra. Reclamações sobre os horários de visitação e brigas sobre quem conseguiu vender ou alugar o imóvel antes são bem comuns. Quando dois clientes de diferentes imobiliárias se interessam pelo imóvel que está em poder das duas, então, é confusão certa!

Nesses casos é o proprietário que sai perdendo, porque se vê no meio de uma briga de cachorro grande. É por esse motivo que algumas empresas do mercado imobiliário evitam que duas ou mais instituições cuidem do mesmo imóvel, visando o bem-estar não apenas do negócio, mas também de todas as partes envolvidas, como o dono dos imóveis e claro, o futuro inquilino.

Entre essas empresas está a Lokkan, empresa imobiliária que conta com profissionais que estão atuando no mercado há muitos anos e se permite oferecer serviços pioneiros nesse meio, sendo um dos principais e mais notórios a portabilidade de contrato de aluguel!

O que é a portabilidade de contrato de aluguel?

Se você já ouviu falar da portabilidade de algum tipo de contrato deve ter alguma noção de como ela funciona em tese. A ideia é simples: fazer com que o contrato que estava em posse de uma empresa vá para outra, e nesse sentido a Lokkan faz o mesmo serviço, mas no setor imobiliário.

Com a portabilidade de contrato de aluguel inquilino e o proprietário conseguem usufruir de uma série de benefícios, que muitas imobiliárias não oferecem de fato aos seus clientes. Entre esses benefícios mais notórios podemos citar o seguro fiança grátis, prestado pela Porto Seguro e claro, a manutenção do imóvel, feita sem nenhum custo pela empresa ao longo de todo o contrato de aluguel.

É importante dizer que a portabilidade só pode ser feita quando a Lokkan é a única imobiliária envolvida no negócio. Sendo assim, não vai ter outra empresa na joga e o conflito entre imobiliárias não é mais uma realidade.

Pode haver algum problema entre imobiliárias no processo de portabilidade?

Não, na verdade é bem ao contrário. A possibilidade de portabilidade do contrato de aluguel pode ajudar a combater um possível conflito entre imobiliárias, que tenha surgido a partir de alguma das questões que citamos no início do artigo.

Se você passa o seu contrato para outra imobiliária na qual confie mais, como a Lokkan, não verá mais empresas se degladiando para atender às suas necessidades (e as próprias, é claro), mas estará protegido e terá os seus interesses defendidos sobre todas as coisas, como deve ser quando estamos falando de imóveis.

Como você pode ver, existe uma ótima forma de fugir do conflito entre imobiliárias, e essa forma é certamente contando com a Lokkan para cuidar do seu contrato de venda ou de aluguel, inclusive apelando para a portabilidade! Para saber mais sobre clique aqui!