/ Pretendentes

Acabei de renovar o meu contrato de aluguel. Ainda posso fazer a portabilidade?

Acontece! Às vezes decidimos renovar o contrato de aluguel, e só depois descobrimos que haviam opções melhores, como por exemplo fazer a portabilidade. Mas não precisa ser realmente vítima de uma escolha equivocada. Será que é possível fazer portabilidade mesmo depois de ter decidido renovar o contrato de aluguel?

Bem, é sobre essa situação que nós vamos falar a seguir. Vem conferir e aprender mais sobre a relação entre a renovação de aluguel e a portabilidade dos contratos!

"Decidi renovar o contrato de aluguel, mas agora quero fazer a portabilidade. É possível?"

Sem enrolação: É possível, sim! Fazer a portabilidade logo depois de renovar o contrato de aluguel é algo viável, contanto que sejam tomados alguns cuidados importantes.
A Lokkan é uma imobiliária pioneira no serviço de portabilidade e está preparada para te oferecer todo o apoio necessário nesse processo! Contamos com profissionais que atuam há muitos anos no mercado e reconhecem a necessidade de se atender às necessidades e às demandas do cliente acima de tudo!

"Nesse caso, que cuidados importantes precisam ser tomados?"

O ideal é que se cumpra o aviso prévio pedido pela imobiliária no caso de uma rescisão contratual para a portabilidade. Assim não será necessário arcar com nenhum tipo de multa.
Agora, se você preferir não esperar é perfeitamente possível fazer a portabilidade mesmo assim. É viável, inclusive, questionar a multa na maioria dos casos, porque pode ser que não haja um fundamento que a sustente. Além disso, a multa não costuma ser onerosa demais, o que facilita todo o processo.

"Posso ter algum problema com a atual imobiliária?"

Ninguém precisa seguir com uma imobiliária quando não está mais satisfeito com os seus termos. Sendo assim, se você cumprir os termos da rescisão, não terá problema algum com a empresa que atualmente cuida do seu contrato de aluguel.

"Qual é o melhor momento para fazer a portabilidade?"

O momento ideal para fazer a portabilidade é quando o seu contrato estiver para se encerrar. Mas durante toda a vigiencia do contrato você deve avaliar os benefícios que a portabilidade pode trazer versus o custo para se fazer a rescisão.

"Existe uma condição para que ocorra a portabilidade?"

Sim, existe. Para que você possa fazer a portabilidade é obrigatório que proprietário e inquilino estejam em pleno acordo. Eles precisam acordar a portabilidade, porque se um não estiver totalmente de acordo o contrato de aluguel do imóvel não poderá ser passado para uma nova empresa.

"Se eu decidir renovar o contrato de aluguel e depois fazer a portabilidade, existe algo que eu possa reaver no processo?"

A boa notícia é que independentemente do momento no qual você decida fazer a portabilidade você sempre pode recuperar algumas coisas nesse processo, ainda que a renovação do contrato com a atual imobiliária tenha sido feita recentemente.
Uma das coisas que você poderá recuperar é o valor do seguro fiança. É obrigação da seguradora contratada devolvê-lo sem muitos encargos, o que pode ajudar a pagar as taxas referentes a portabilidade.

"As taxas da portabilidade são muito altas?"

Felizmente, não. De modo geral, elas são bastante acessíveis, especialmente quando avaliamos as vantagens que a portabilidade traz tanto para o inquilino quanto para o proprietário.
Além disso, como já observamos previamente, você também vai receber valores quando rescindir seu contrato, como por exemplo o seguro fiança, e isso vai colaborar para o pagamento de qualquer taxa que possa se fazer necessária.

Mas vale mais uma vez reforçar que você sempre pode fazer a portabilidade, contanto que as partes (inquilino e proprietário) estejam de acordo, mas vai ter que cumprir cláusulas de rescisão que podem ser pesadas.

E aí, já está pronto para fazer a sua portabilidade? Clique aqui e veja como é simples!